sexta-feira, 13 de maio de 2011

Quem sou eu?



Embora a série ROCKY BALBOA e seus 6 filmes foi duramente atacada pela crítica como "o lixo do cinema americano" eu sempre tirava ótimas lições desse filme.

E me lembro de uma cena, no último de seus filmes onde Rocky conversando com seu filho adulto falava sobre o que ser um adulto! Esse diálogo foi lembrado através de uma frase que um amigo citou, a saber, Danilo Saso autor dos Manás, e eu busquei o diálogo completo para que lessem, vale a pena!

Quem sou eu?

Diálogo entre Rocky Balboa e seu filho:

- É... você não vai acreditar, mas você cabia aqui (disse Rocky apontando para palma de sua mão).
- Eu segurava você e dizia pra sua mãe: "Esse menino vai ser o melhor menino do mundo. Esse menino vai ser melhor do que qualquer um que conhecemos".
- E você cresceu bom, maravilhoso. Foi muito legal ver você crescer, foi um privilégio.
- Aí, chegou a hora de você ser adulto e conquistar o mundo, e conquistou.
- Mas em algum ponto desse percurso você mudou.
- Você deixou de ser você.
- Agora deixa as pessoas botarem o dedo na sua cara e dizerem que você não é bom.
- E quando fica difícil você procura alguma coisa pra culpar, como uma sombra.
- É... vou dizer uma coisa que você já sabe: O mundo não é um grande arco-íris. É um lugar sujo. É um lugar cruel que não quer saber quanto você é durão, vai botar você de joelhos, e você vai ficar de joelhos para sempre se você deixar!
- Você, eu, ninguém vai bater tão duro como a vida.
- Mas não se trata de bater duro, se trata de quanto você agüenta apanhar e seguir em frente, o quanto você é capaz de agüentar e continuar tentando.
- É assim que se consegue vencer!
- Agora se você sabe seu valor, então vá atrás do que você merece.
- Mas tem que ter disposição pra apanhar.
- E nada de apontar dedos e dizer que você não consegue por causa dele ou dela, ou de quem seja. Só covardes fazem isso e você não é covarde! Você é melhor do que isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário