segunda-feira, 30 de maio de 2011

MANCHETES DO GLOBO.com EM 2030

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Quem sou eu?



Embora a série ROCKY BALBOA e seus 6 filmes foi duramente atacada pela crítica como "o lixo do cinema americano" eu sempre tirava ótimas lições desse filme.

E me lembro de uma cena, no último de seus filmes onde Rocky conversando com seu filho adulto falava sobre o que ser um adulto! Esse diálogo foi lembrado através de uma frase que um amigo citou, a saber, Danilo Saso autor dos Manás, e eu busquei o diálogo completo para que lessem, vale a pena!

Quem sou eu?

Diálogo entre Rocky Balboa e seu filho:

- É... você não vai acreditar, mas você cabia aqui (disse Rocky apontando para palma de sua mão).
- Eu segurava você e dizia pra sua mãe: "Esse menino vai ser o melhor menino do mundo. Esse menino vai ser melhor do que qualquer um que conhecemos".
- E você cresceu bom, maravilhoso. Foi muito legal ver você crescer, foi um privilégio.
- Aí, chegou a hora de você ser adulto e conquistar o mundo, e conquistou.
- Mas em algum ponto desse percurso você mudou.
- Você deixou de ser você.
- Agora deixa as pessoas botarem o dedo na sua cara e dizerem que você não é bom.
- E quando fica difícil você procura alguma coisa pra culpar, como uma sombra.
- É... vou dizer uma coisa que você já sabe: O mundo não é um grande arco-íris. É um lugar sujo. É um lugar cruel que não quer saber quanto você é durão, vai botar você de joelhos, e você vai ficar de joelhos para sempre se você deixar!
- Você, eu, ninguém vai bater tão duro como a vida.
- Mas não se trata de bater duro, se trata de quanto você agüenta apanhar e seguir em frente, o quanto você é capaz de agüentar e continuar tentando.
- É assim que se consegue vencer!
- Agora se você sabe seu valor, então vá atrás do que você merece.
- Mas tem que ter disposição pra apanhar.
- E nada de apontar dedos e dizer que você não consegue por causa dele ou dela, ou de quem seja. Só covardes fazem isso e você não é covarde! Você é melhor do que isso!

terça-feira, 3 de maio de 2011

NÃO POSSO PERDER O FOCO


O ser humano tem uma tendência absurda de perder o foco! E isso não é só na vida cotidiana, no seu relacionamento ou no seu trabalho. Já desde os tempos bíblicos temos um exemplo do famoso paralítico do tanque de Betesda, que se encontrava há vários anos esperando a oportunidade de mergulhar no tanque enquanto um anjo descia, movia as águas e fazia o milagre.

Quando Jesus se deparou com esse homem paralitico e sofredor, perguntou-lhe o que poderia fazer por ele. Algumas perguntas de Jesus parecem óbvias mas não são. E esse é o perfeito exemplo a se justificar. Pois qualquer olho externo poderia dizer: - Óbvio que esse paralitico quer ser curado! Mas a resposta do Betesdense, ou Betesdiano, como você mesmo queira interpretar, foi algo que empresarialmente chamandos de incompetente, sem senso de urgência, sem foco, sem meta, sem objetivo.

Se o tal paralítico respondesse essa pergunta no ambiente corporativo e tivesse o publicitário Saulo Ferreira como encarregado receberia uma advertência formal e um aviso que isso não se repetisse. Mereceria ser trocado por outro funcionário mais focado e mais dinâmico.

Meu Deus que crueldade! Mas prezo pela sinceridade! Graças que Jesus é um líder maior que qualquer um de nós e obviamente não trata situações da vida como buscas corporativas.

A resposta do paralítico foi: - Toda vez que tento entrar na fonte, alguém vem primeiro e quando tento achar alguém para me colocar, outro vem e entra e quanto mais eu tento, mais outro entra, e enquanto outro entra, mais eu tento e blá blá blá! Imagino ele tentando explicar, assim como o famoso personagem CHAVES tentava se explicar para o Sêo Madruga quando o mesmo ia lhe bater!

A dificuldade de tentar conseguir o milagre, fez com que o paralítico de Betesda perdesse o foco da sua vida, que era a cura! E quando alguém lhe fez a pergunta: - O que queres? Sua resposta foi errada! A resposta certa seria: - Eu quero andar!!! Quero ser curado!!! Quero ser livre da minha paralisia!

Cuidado amigo! Talvez as dificuldades do seu dia-a-dia tenha feito com que você perdesse o seu foco, o seu objetivo, a sua missão! Lembre-se das origens, lembre do que é realmente importante, pois se um caminho está bloqueado você facilmente encontrará outro! Senão corre o risco de ficar anos esperando pela oportunidade que vem do céu!

Ficai Firmes!